fbpx

#ColunaDiquinta – Teoria da vantagem comparativa, entenda esse conceito

Segundo o site de notícias Broadcast, em 13/10/2021 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) manteve sua previsão para a safra de soja no Brasil em 2021/22 em 144 milhões de toneladas. Para a safra 2020/21, o USDA também manteve sua projeção, em 137 milhões de toneladas.

Já ouviu falar na teoria das Vantagens Comparativas? Essa teoria econômica, explica por que o comércio entre dois países pode ser bom, mesmo quando um deles é mais produtivo na fabricação de todos os bens.

Em economia, existem duas vantagens: as vantagens absolutas que se referem à quantidade de recursos usados para se produzir certo bem. E as vantagens comparativas, que dependem da quantidade que se deixa de produzir um bem para se produzir um segundo produto.

Ou seja, mesmo que um país consiga produzir de maneira eficiente todos os bens, ele pode se especializar em um setor e ter uma eficiência ainda maior, para realizar trocas mais lucrativas em outros setores.

O agronegócio é a vantagem comparativa do Brasil, representa mais de 26% do PIB nacional. Do total de trabalhadores no país, 20% estão empregados nesse setor.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o mundo terá que ampliar em 70% a produção de alimentos. A expectativa é que o Brasil será responsável por 40% da produção adicional futura de alimentos mundial.

Dentre os 10 principais produtos exportados, 7 são do agronegócio e o mercado de capitais sempre teve grande participação ajudando a financiar essas produções. Nos últimos anos, as emissões de CRA (crédito privado do setor Agro), ganharam grande relevância. Assim como o resto do mundo, no Brasil o mercado vem desenvolvendo novas formas de investimentos.

Esse ano foi criada a Lei Nº 14.130 de Março de 2021 que tem como objetivo permitir que pessoas possam investir nesse setor de maneira mais simples e através do próprio home broker.

Criando assim, o FIAGRO, que como um Fundo Imobiliário (FII), pode ser negociado em bolsa. Lastreado em Certificados de recebíveis do Agronegócio, e pagando mensalmente os famosos “alugueis” ou Dividend Yield.

Bruno Royo – Assessor de Investimentos da Diagrama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Em que podemos ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?