fbpx

Confira as principais manchetes dos jornais desta sexta-feira (29/10/2021)

As manchetes de hoje:

VALOR

🗞 ️Ausência de líderes e dúvidas sobre avanço marcam COP26  — A Conferência da ONU sobre Mudança do Clima começa neste domingo com muita expectativa e igual dose de pessimismo. No primeiro grande evento internacional desde o início da pandemia, não se sabe ao certo quanto os dois maiores emissores globais de gases-estufa, China e EUA, avançarão no tema.

🗞 ️Governo cogita prorrogação de auxílio — O governo passou a cogitar a prorrogação do auxílio emergencial, caso fracasse a aprovação da PEC dos Precatórios. O governo não deixará de pagar o auxílio aos mais pobres, disse o deputado Ricardo Barros, líder do governo na Câmara.

🗞 ️Petrobras distribuirá mais R$ 31,8 bilhões — A empresa registrou lucro de R$ 31,14 bilhões no 3T21, ante prejuízo de R$ 1,5 bilhão no mesmo período do ano passado. A empresa irá distribuir R$ 31,8 bilhões em remuneração aos acionistas. A União ficará com R$ 23 bilhões desse total.

O GLOBO

🗞 ️TSE cassa pela 1ª vez deputado por fake news e endurece regra para 2022 — O TSE absolveu a chapa Bolsonaro-Mourão da acusação de disparos em massa em 2018, por não haver comprovação de que as ações provocaram impacto sobre o resultado da eleição. Porém, o entendimento dos ministros do TSE é que, para 2022, o uso de aplicativos para disseminar notícias falsas levará à cassação do mandado. O TSE também cassou o mandato do deputado bolsonarista Fernando Francischini (PSL-PR) por propagar fake news nas eleições de 2018.

🗞 ️Aras abre investigação preliminar contra Bolsonaro e mais 12 apontados pela CPI — Além de Bolsonaro, 12 políticos com foro para os quais a CPI da Covid pediu indiciamento serão alvo de investigação preliminar. Augusto Aras já abriu 92 investigações preliminares contra Bolsonaro, parte delas por suspeita de delitos durante a pandemia.

ESTADÃO

🗞 TSE cassa deputado que atacou urnas e impõe limite a fake news — Em decisão inédita o TSE cassou o deputado Fernando Francichini, aliado de Bolsonaro, por propagação de mentiras contra urnas eletrônicas. Ela ainda ficará inelegível por 8 anos. A decisão é um alerta de que a Corte punirá a disseminação de fake news nas eleições de 2022.

🗞 No País, 44% das mortes de crianças de 0 a 6 anos seriam evitáveis  — Saneamento e acesso a médicos evitariam complicações perinatais e mortes por doenças infecciosas e parasitárias.

🗞 Erro de R$ 5,2 bi tornou contas de energia 5% mais caras em média — Governo cometeu “erro de cálculo” em projeções de produção de energia entre 2017 e 2020, segundo a CGU.

FOLHA

🗞 TSE decide que punirá disparo em massa com cassação em 2022 — O TSE concluiu que a existência de um esquema ilícito de propagação de notícias falsas por WhatsApp na eleição de 2018 para beneficiar Bolsonaro foi provada. Decidiu, porém, não cassar a chapa pois não ficou demonstrada gravidade suficiente para cassar os vencedores do pleito. Não é possível determinar o efeito que o esquema teve sobre o resultado das urnas. Alexandre de Moraes advertiu que candidatos envolvidos com disseminação de mentiras em 2022 serão cassados.

🗓 AGENDA ECONÔMICA 

🗓🇩🇪 Variação do PIB anual e trimestral (05h00)
🇪🇺 Índice de preço ao consumidor mensal e anual (07h00)
🇪🇺 Variação do PIB trimestral e anual (07h00) 
🇪🇺 Índice de preços ao consumidor mensal e anual (07h00)
🇧🇷 Relação dívida bruta e líquida/PIB mensal (09h30)
🇧🇷 Resultado primário do setor público consolidado mensal (09h30)
🇺🇸 Renda e gastos pessoais mensal (09h30)
🇺🇸 Núcleo índice de preço do PCE mensal e anual (09h30)
🇺🇸 PMI Chicago mensal (10h45)
🇺🇸 Contagem de Sondas Baker Hughes (14h00)

(fonte BDM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Em que podemos ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?