fbpx

Elon Musk manipula Bitcoin para lucrar?

Ao realizar uma cronologia com as falas de Elon Musk, fica clara a influência de sua figura no mercado do Bitcoin

O Bitcoin (BTC) tem desabado depois de declarações polêmicas do empreendedor Elon Musk da Tesla (TSLA34). A criptomoeda caiu cerca de 5%, sua maior baixa nos últimos 3 meses. Recentemente, Elon Musk afirmou que passará a não aceitar o ativo digital como pagamento aos carros elétricos vendidos pela Tesla (TSLA34) contrariando o anúncio feito em março deste ano.

Impacto Ambiental

Após a alegação de impactos ambientais para justificar a decisão, visto o alto gasto de energia necessário utilizado para a mineração, o preço do Bitcoin (BTC) apresentou baixas consideráveis. Mas, vale mencionar o verdadeiro interesse de Musk por trás dessas falas.

“Estamos preocupados com o rápido aumento do uso de combustíveis fósseis para mineração e transações de Bitcoin, especialmente carvão, que tem as piores emissões de qualquer combustível”, disse Musk em seu Twitter. “A criptomoeda é uma boa ideia em muitos níveis e acreditamos que ela tem um futuro promissor, mas isso não pode ter um grande custo para o meio ambiente.”

Legal a preocupação dele. Só tem um detalhe. 74% da energia consumida pelo bitcoin vem de fontes renováveis. Talvez ele não saiba disso, afinal, a Tesla não está no segmento de energia, né?

Junto ao anúncio feito em um tweet no último dia 12, surgiram rumores de que investidores brasileiros estariam se desfazendo de suas unidades da criptomoeda. Contudo, ao longo dos últimos meses, Musk tem feito outras declarações que abalaram o valor do Bitcoin (BTC).

Série de declarações

Ao realizar uma cronologia com as falas do empreendedor, fica clara a influência de sua figura no mercado de criptomoedas, feito especialmente para não ser regulado. Em 29 de janeiro, Musk atualizou sua biografia do Twitter com o anúncio de que passou a investir em Bitcoin (BTC), consequentemente elevando o ativo em 17%. Em 8 de Janeiro, foi revelado que a Tesla estaria investindo em US$ 1,5 bilhão na criptomoeda, que por sua vez subiu 20%.

Em 3 de março, Elon Musk anunciou a criação de uma cidade espacial relacionada à SpaceX no Texas, a chamada Starbase pretende ser a segunda maior do mundo. Além disso, ele também afirmou que sua economia seria baseada em Dogecoin, a “moeda piada” que surgiu em 2013. Já em 28 de abril, o cripto subiu 30% após um tweet feito por Musk, onde ele se auto declarou como “Pai do Dogecoin”.

E, apesar das declarações dadas por Musk e Warren Buffett investidor presente na lista de pessoas mais ricas do planeta, terem certa influência sobre o mercado de criptomoedas, a autoridade de ambos não revela unanimidade. Sendo preciso lembrar, que em 2018, Buffett disse em entrevista à CNBC que Bitcoin (BTC) era “Veneno de Rato”. A recente ascensão da moeda digital é uma prova da incapacidade do investidor de lidar com a tecnologia.

Outro empreendimento polêmico de Musk é a colonização de Marte. Ele já declarou que pretende ter um milhão de pessoas residindo no planeta até 2050. Depois dessas declarações e consequentes balanços nos valores de ambas as criptomoedas é difícil imaginar que a personalidade não teria uma noção prévia dos encargos causados ao meio ambiente pela mineração do ativo digital.

Fonte: E-investidor Estadão | Imagem: Getty Images)

Entre em contato conosco: (11) 99332-0861 | Rua Amazonas, 439 CJ 45 – São Caetano do Sul XP (ABC) | Av. Ibirapuera, 1753 – XP Moema – SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Em que podemos ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?